PUBLICIDADE
Topo

Rádio Táxi recupera um pouco da magia dos anos 80 no Bar Brahma

Combate Rock

08/02/2020 11h55

Nelson Souza Lima – especial para o Combate Rock

Rádio Táxi no Bar Brahma (FOTO: NELSON SOUZ LIMA)

Ah, os anos 80… Podem ter ficado para trás, porém a década nunca sairá da gente. Foi um período maravilhoso para o rock nacional quando surgiram bandas espetaculares. Entre elas o Rádio Táxi. Formada por ex-integrantes do Tutti Frutti e do grupo de apoio da rainha Rita Lee, o quarteto original trazia Willie de Oliveira (voz), o genial e saudoso Wander Taffo (guitarra), Gel Fernandes (bateria) e Lee Marcucci (baixo).
Como todos os demais, o grupo paulistano também sentiu as mudanças de humores no mercado discográfico, a ascensão de outros ritmos e a perda de espaço do rock. Porém, os caras nunca se abateram e entram na nova década revigorados com um espólio musical de mais de 35 anos que é atemporal.
A atual formação traz a cozinha original com Gel e Marcucci, além de Fábio Nestares na voz, Miltinho Romero, empunhando a guitarra e o tecladista Flávio Fernandes,sobrinho do batera.
No Bar Brahma, no dia 1º de fevereiro, o quinteto mostrou um set que, claro, trouxe todos os hits da carreira do Rádio Táxi, releituras de outros artistas e novidades.
O clima foi o mais familiar possível e o aconchegante bar situado na esquina famosa da São João com a Ipiranga deixou a noite ainda mais festeira e rock and roll.
Por volta das 23h25 o quinteto subiu ao palco saudado pelo público. O sucesso dos caras nos 80 foi estrondoso, com músicas tocando nas rádios de todo o Brasil, além de integrar  trilhas sonoras de vários longas. Então só podíamos esperar um set list irretocável.
De cara mandaram "Com o rádio ligado", "Um amor de verão" e "Você se esconde", essa última do álbum "Matriz" (1986) gravada originalmente por Maurício Gasperini, substituto de Wille de Oliveria nos vocais do Rádio Táxi em 1983.
Fábio Nestares é  grande front man, sabe agitar a galera e se sente bem à vontade no comando dos mics, além de tocar violão e sax. No momento de enaltecer Lee Marcucci, por toda sua contribuição ao rock e à música pediu uma salva de palmas ao baixista para em seguida emendarem duas da época em que ele trabalhou com Rita Lee. Mandaram as ótimas "Jardins da Babilônia" e "Miss Brasil 2000".
Logo em seguida Nestares falou do atual momento da banda e o que estão preparando para o futuro. Na sequência tocaram "Fala Sério" a única canção nova do repertório. "Vai e Vem", música que abre o disco de estreia do grupo lá de 1982 veio a seguir para mandarem uma sequência que alternou com as de outras bandas.
A versão para "Exagerado", de Cazuza levantou os fãs, seguida por "Dentro do coração (põe devagar). Sobre essa Nestares falou que na época os censores militares recomendaram a banda certo cuidado ao apresentarem nos shows. Devido à questão do duplo sentido.
No aspecto releitura mandaram bem em "Sobre todas as forças", do Cidade Negra, que ganhou um acento reggae rock dançante.
O momento mais esperado foi com a romântica baladaça "Eva", que fez os casais apaixonados se abraçarem forte. Como os músicos são muito técnico, se permitem fazer crossover entre as canções.
O guitarrista Miltinho Romero mostrou que sabe dar conta do riscado quando tocaram "Vida Louca", do Lobão, com arranjos de "Jump", do Van Halen. Ficou bem legal e o performático guitarrista deixou claro que toca se divertindo. Ponto pro cara.
Outra sequência bacanuda veio com "Se Você Pensa" (Roberto Carlos), "Let It Be" (Beatles) e "Take On Me" (A-Ha). Por volta da uma e vinte da manhã o quinteto encerrou com "Garota Dourada", primeiro sucesso do Rádio Táxi. Ovacionados pelos fãs, encerraram o show para caírem nos braços da galera, distribuindo abraços, autógrafos e fotos. Grande apresentação.
Após o show fui trocar uma ideia com o guitarra Miltinho Romero. Segundo ele, o show no Brahma foi legal por tocarem no quintal de casa. "Tamo aí na ativa. O Rádio Táxi nunca parou. Vamos ter uma série de shows. Fazia um tempinho que não tocávamos em São Paulo, pois estávamos nos apresentando em outros Estados e é muito legal tá de volta", disse.
Sobre o fato de estar ocupando o lugar que um dia foi de Wander Taffo o guitarrista falou que está dando continuidade ao trabalho. "Substituir acho uma palavra muito forte, dou continuidade, pois sou super fã do Wander já que é um dos meus ídolos na guitarra. Pra mim é uma honra e toda vez que subo no palco peço permissão para o mestre e vamo que vamo", reverenciou.
Fã incondicional de monstros como Eddie Van Halen, Miltinho Romero alegou que o Rádio Táxi prepara novas canções e que o rock nunca deixará de existir.
"Tivemos essa explosão do rock nos anos 80 com grupos como Rádio Táxi e Magazine em São Paulo, a Blitz no Rio, entre outras, claro sem esquecer os nomes dos anos 70 como Mutantes, O Terço e Casa das Máquinas. Grandes bandas de rock progressivo. O rock não morre pois é Highlander", conclui o guitarrista.
SET LIST
RÁDIO TÁXI BAR BRAHMA 01/02/2020
Com o rádio Ligado
Um amor de verão
Você se esconde
Horóscopo do Amor Perfeito
Jardins da Babilônia (Rita Lee)
Miss Brasil 2000 (Rita Lee)
Fala Sério
Vai e vem
Dentro do coração (põe devagar)
Sobre todas as forças (Cidade Negra)
Coisas de Casal
Eva
Sanduíche de coração
Conversa Fiada
Vida Louca (Lobão)
Se você pensa (Roberto Carlos)
Let It be (Beatles)
Take On Me (A-Ha)
Garota Dourada

 

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

Blog Combate Rock