PUBLICIDADE
Topo

Tony Babalu mergulha no jazz banhado no rock em '2020!'

Combate Rock

23/12/2019 06h43

Marcelo Moreira

Houve um tempo em que a guitarra brasileira era conhecida quase que somente pela sua elegância e pelos fraseados e pelos riffs marcantes que misturavam rock e a então iniciante MPB (Música Popular Brasileira).

Eram os anos 70 e Luis Carlini (Tutti Frutti), Lenny Gordin e Tony Babalu se destacavam como estilistas, vrituosos e ecléticos que tocavam de tudo e com todo mundo. Viraram referência, ídolos e "objetivos" a serem alcançados.

Babalu manteve o pique e a elegância ao longo de décadas, ainda que sua produção fonográfica não tenha sido prolífica. Só que ele resolveu essa questão com estilo em lançamentos recentes, com os notáveis "Live Sessions at the Mosh" e "II".

Para quem esperava um músico aferrado as suas raízes setentistas, o guitarrista surpreendeu ao mostrar diversificação e o mesmo ecletismo de sempre.

O rock é a base, mas ele surfou nas cordas para além do blues e das melodias saborosas que são a sua característica. Ele adicionou muito do jazz, do samba e da música instrumental brasileira, em uma mescla interessante e contagiante.

Seu novo single, "2020!", chega em breve às plataformas digitais. Gravado em seu home studio, traz uma abordagem diferente do que fez nos dois álbuns anteriores.

Tony Babalu (FOTO: KAREN HOLTZ/DIVULGAÇÃO)

É jazz temperado com melodias simples e diretas, com pitadas de rock e funk, incorporando quase todas as influências que o veterano instrumentista aglutinou.

Babalu é um instrumentista raro, do tipo que consegue "colorir" o som com toques sutis e mágicos em alguns momentos, expandido o universo sonoro. "2020!" estará nas plataformas digitais no dia 3 de janeiro.

Diferentemente dos trabalhos anteriores, em que contou com o apoio de banda completa, o lançamento traz só Tony Babalu no estudio. Ele compôs e fez a programação dos instrumentos (teclados, baixo, bateria e percussão), a mixagem e todas as linhas de guitarra. A masterização, por sua vez, foi comandada por Marcelo Carezzato no Carbonos Studio.
 

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

Blog Combate Rock