PUBLICIDADE
Topo

Caixa traz os concertos de Ano Novo de Jimi Hendrix e Band of Gypsys

Combate Rock

26/11/2019 06h51

Marcelo Moreira

 

Mais uma suculenta caixa de CDs com a obra de Jimi Hendrix chega ao mercado iniciando a temporada de lançamentos ue vai marcar os 50 anos da morte do guitarrista norte-americano em 2020. Para quem achava que o baú de raridades e possibilidades estava esgotado, "Songs For Groovy Children" é uma adorável surpresa.

A caixa com cinco CDs (quatro em algumas versões digitais) reúne todos os quatro concertos de estreia da então recém-montada Band of Gypsys no Fillmore East, de Nova York, na véspera de Ano Novo de 1969 e no Dia de Ano Novo de 1970.

O rock psicodélico da Jimi Hendrix Experience aqui começava a dar lugar a um blues mais pesado e à incorporação de elementos de jazz, soul e rhythm & blues.

Apresentado em sua sequência original de apresentação e abrangendo 43 faixas, a caixa traz mais de 20 faixas ao vivo então inéditas – que nunca foram lançadas comercialmente ou foram remixadas recentemente, além das versões completas de músicas originalmente lançadas no álbum "Band of Gypsys" de 1970.

Com o sucesso obtido após os festivais de Monterey Pop e Woodstock, o guitarrista se sentiu confiante para mudar os rumos da carreira, inclusive trocando Londres por Nova York, por um tempo, para dar sequência à nova fase.

É quando ele monta o lendário estúdio Electric Lady e convoca amigos antigos para um novo trio: Billy Cox no baixo e Buddy Miles na bateria e nos vocais.

Com um som mais musculoso e sentindo-se mais livre para experimentar, Hendrix criou um material diferente, mas orgânico, com canções interessantes como "Power Of Soul", "Burning Desire" e a ótima "Machine Gun".

Essa formação não duraria muito tempo, mas o suficiente para os explosivos shows do Fillmore East – quatro, sendo dois sets em cada dia.

No bloco das surpresas, canções inéditas e executadas ao vivo pela primeira vez, como "Earth Blues" e "Stepping Stone", versões incendiárias e mais pesadas de "Foxy Lady", "Voodoo Child", "Wild Thing", "Hey Joe" e "Purple Haze".", além de uma grande execução de "Bleeding Heart", de Elmore James.

A caixa luxuosa tem um livreto com fotos inéditas da fotógrafa Amalie Rothschild, de Jan Blom (cujas imagens icônicas e saturadas de cores forneceram a obra de arte original do Band of Gypsys dos anos 70), e do representante da Marshall Amplifier Marc Franklin, que tinha acesso ao grupo em seus camarins nos bastidores.

O livreto ainda traz lembranças do baixista Billy Cox e notas do autor, o jornalista e cineasta Nelson George. "Songs For Groovy Children" foi produzido por Janie Hendrix, Eddie Kramer e John McDermott – o trio que supervisiona todos os projetos da Experience Hendrix desde 1995.

Sem previsão de lançamento no Brasil, a caixa de CDs tem preço que varia de US$ 44 a US$ 55 em lojas virtuais norte-americanas (de R$ 185 a R$ 231). Em MP3, para baixar, as mesmas lojas vendem por valores que variam de R$ 30 a US$ 40 (de

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

Blog Combate Rock