Topo
Combate Rock

Combate Rock

Notas roqueiras: Venomous, Dony Escobar, Tandra...

Combate Rock

21/10/2019 12h00

Venomous (FOTO: DIVULGAÇÃO)

– Gravado no estúdio Dual Noise (SP), com produção de Rogerio Wecko e do próprio Venomous, "The Black Embrace", o sucessor do disco de estreia, "Defiant" (2018), promete levar o grupo paulistano, formado por Tigas Pereira (vocal), Gui Calegari e Ivan Landgraf (guitarras), Renato Castro (baixo) e Lucas Prado (bateria), a um novo patamar. "Trouxemos referências nunca usadas na banda, até por usarmos guitarras de sete cordas pela primeira vez. Tem um pouco de tudo o que fizemos, mas levando a um novo patamar e explorando novas facetas que estão no segundo álbum", adiantou Ivan Landgraf. Ouça o single "Black Embrace", que em breve receberá o primeiro videoclipe do novo álbum, em https://youtu.be/uEY1jF_nSEI

Dony Escobar, guitarrista e compositor de bandas como Lâmmia, Os Estudantes e Vulcânicos, assume a alcunha de Dony Don Von e aventura-se num projeto solo para experimentar diferentes nuances e intensidades do rock e outros gêneros, como downtempo. O primeiro resultado, calcado no lo fi, é a música 'Nó', disponível nas principais plataformas de streaming pela Abraxas Records. Ouça aqui: https://sl.onerpm.com/3226132103. 'Nó' é Dony Don Von por Dony Don Von, que gravou tudo sozinho: vozes, synths, piano, guitarra e etc, numa onda bem lo fi. O músico conta que a canção nasceu exatamente de uma brincadeira com synths de teclado. Morphine é uma referência pontual.

– Está muito próximo o lançamento de "Time and Eternity", primeiro álbum da banda Tandra. Após revelar alguns detalhes acerca desse registro, o grupo de folk metal apresenta oficialmente a capa de seu álbum e ressalta que, dia 12 de setembro, o primeiro single do disco, será disponibilizado em todas as plataformas digitais. Em sua temática, o Tandra irá explorar assuntos relacionados a cultura nórdica e suas influências, assim como nas letras, as músicas da banda terão instrumentos típicos dessas regiões e passagens harmônicas voltadas ao estilo. A capa "Time and Eternity" foi elaborada pelo artista britânico "Ewan Donnovan". Na arte existem referências diretas a música que carrega o nome do disco. O significa aborda a luta contra o tempo, onde o "Rei da Morte", figura como um velho homem que nunca morre e é o destruidor dos mundos, figurado no centro da capa".

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

Blog Combate Rock