Topo
Combate Rock

Combate Rock

Rápido panorama do metal nacional - 34

Combate Rock

17/10/2019 06h56

 Half Bridge – Banda de deathcore/metalcore competente que está ganhando espaço em São Paulo. Gitarras altas e baixo pulsante são as marcas sonoras do Half Brigde em "Entre o Inferno e a Utopia", bom álbum que tem muito groove e boas melodias, em especial nas músicas "Utopia" e "O Regresso".

– Endust – É irritante observar a onipresença do vocalista Leandro Caçoilo no metal nacional. Presente no Endust, ele também canta no Viper, Hardshine, Caravellus e Seventh Seal, entre outras bandas de São Paulo. Sua versatilidade é impressionante e dá um fôlego bem legal para esta banda de Jundiaí (SP). "All Ends in Dust" mistura prog metal e heavy tradicional em altas doses de qualidade. "Face the Fight" é o cartão de visitas.

– Overhead – Banda de Bauru (SP) que faz da superdose de energia o seu principal trunfo. É rock podreira no melhor dos sentidos, mescalndo hard rock setentista com pitadas de heavy metal tradicional com muita velocidade. "Na Madrugada de Bar em Bar" é um legítimo rock de cachaceiro, uma versao mais ríspida e pesada das Velhas Virgens e do Velho Buffalo Ruffus. Divirta-se bastante com canões como "O Diabo na Garrafa" e "O Cartaz da Morte".

– Warleggion – Uma das bandas mais atuantes da nova geração – surgiu apenas em 2017 -, o Warleggion chega ao primeiro EP mostrando boas qualidades. Entretanto, a urgência que o grupo demonstra pode ter atrapalhado um pouco na produção do primeiro trabalho. O heavy metal básico e direto do grupo chama a atenbção, mas parece que faltou um pouquinho de cuidado no tratamento de arranjos das músicas. Nada, no entanto, que desabone a banda, que tem méritos. "Sky Light" é a melhor faixa.

– R.I.V. – "Prog-Core" é um trabaho interessante, que busca inovar em um gênero musical pouco afeito a novidades radicais. É muito raro uma banda brasileira investir em uma sonoridade que esbarra no metal industrial, e esta banda não tem medo de ousar. Nem sempre o e resultado é bom, mas é lega e instigante saber que tem gente querendo sair do convencional. Há uma profusão de boas ideias, ainda que alguns "barulhinhos" soem estranhos, mas é uma banda que precisa ser ouvida com atenção.

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

Blog Combate Rock