Topo
Combate Rock

Combate Rock

Série que desvenda segredos do pop brasileiro chega à TV

Maurício Gaia

09/10/2019 15h03

A série "Histórias Secretas do Pop Brasileiro", dirigida pelo jornalista e blogueiro deste UOL André Barcinski, estréia nesta sexta-feira (11/10), no canal Music Box Brasil.

Dividida em oito episódios, a série foi lançada dentro do In-Edit Brasil – Festival Internacional do Documentário Musical, em junho, e traz histórias desconhecidas dos bastidores da música pop, principalmente das décadas de 70 e 80.

Brazillian Gengis Khan (Foto: Divulgação)

Casos como a de artistas brazucas que se passavam por  estrangeiros, como o Brazilian Gengis Khan (que só passou a adotar o "Brazilian" depois que se revelou que eles não eram o Gengis Khan original alemão), ou a brasileiríssima Regina Shakti, que interpretava a cantora alemã D.D. Jackson nos palcos brasileiros.

A explicação para isso era simples, segundo Helio Costa Manso, músico e ex-executivo de gravadora: um dos principais meios de divulgação das músicas dos artistas originais eram programas de auditório (eram tempos pré-MTV e não ainda não existia o fenômeno dos video clipes). Na impossibilidade de trazer os artistas para o Brasil, a solução era encontrar "clones' que os interpretassem.

Outras histórias são contadas na série, como a d'Os Carbonos, grupo de estúdio que chegou a gravar cerca de 100 mil músicas, em 30 anos, entre elas sucessos como "Feelings", "Domingo Feliz", "É o Amor" e quase toda a música brega e sertaneja dos anos 70, 80 e 90. Provavelmente é a banda brasileira com maior número de hits gravados no país.

Gretchen (esq.) e Mr. Sam (centro) – Foto: Divulgação

O produtor, DJ e apresentador de televisão argentino Mr. Sam também tem um episódio dedicado a ele. Descobridor de talentos como Gretchen, Nahin, Lady Lu, entre outros, ele tem histórias engraçadíssimas e fantásticas. Em entrevista coletiva, o diretor conta que são tantas as histórias de Mr. Sam que ele será personagem de um longa, dedicado somente a ele.

André Barcinski e Regina Shakti (D.D. Jackson) – Foto: Divulgação

Na mesma entrevista, André Barcinski revelou que de todos os procurados para dar depoimentos para a série, somente o Roupa Nova não quis participar. Paulo Massadas, compositor de uma avalanche de hits, revelou que ao apresentar "Whisky a Go-Go" para a banda, a música teria sido rejeitada, por ser simplória demais. No final, por uma certa pressão da gravadora, o Roupa Nova acabou gravando a canção e, segundo as palavras dele "agora, eles estão condenados a toca-la até o fim da vida".

A série será exibida às sextas-feiras, às 22:30.

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

Blog Combate Rock