Topo
Combate Rock

Combate Rock

Bon Jovi mostra carisma e competência no Rock in Rio

Combate Rock

03/10/2019 17h00

Ricardo Gozzi – do site Roque Reverso

Bon Jovi (FOTO: DIVULGAÇÃO)

O rock deu um pouco do ar de sua graça na noite do primeiro domingo do Rock In Rio de 2019. Nada lá muito pesado, mas o suficiente pra fechar em alto astral o primeiro fim de semana do festival.

Depois de bastante música brasileira pelos palcos do Rock In Rio, com destaque para ícones como Elza Soares e Alcione, o Goo Goo Dolls levou ao público um pop rock honesto e sem muita frescura na noite do domingo, 29 de setembro.

A banda fez um ótimo show, apesar de ter mostrado que segue refém do álbum "Dizzy Up The Girl", de 1998.
Praticamente metade do show baseou-se no melhor e mais bem sucedido disco da banda até hoje.

A porção final da apresentação levou o público ao delírio com a melódica "Broadway" e o megahit "Iris".

Depois de uma parada para a interessante salada rítmica de Jessie J, Dave Matthews e sua banda esbanjaram musicalidade e swing, hipnotizando o público com canções que funcionam tanto para pequenos públicos quanto para a multidão presente na Cidade do Rock.

Destaques para a homenagem a Peter Gabriel em "Sledgehammer" e uma sensacional versão de "Staying Alive", do Bee Gees, sobre a base de "Back In Black", clássico do AC/DC.

O Bon Jovi fechou a noite de domingo com a competência que se espera de uma das bandas mais rodadas do mundo.

Com um set list repleto de sucessos do passado, além de um ou outro até mais recente, a banda norte-americana fez um show pra fã nenhum botar defeito.

Jon Bon Jovi estava com a voz melhor do que em sua participação anterior no Rock In Rio – e também sem o peso do então recente rompimento com o guitarrista e companheiro de longa jornada Ritchie Sambora.

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br