PUBLICIDADE
Topo

Combate Rock

Made in Brazil celebra os 40 anos no álbum 'Paulicéia Desvairada'

Combate Rock

12/11/2018 17h00

A banda Made in Brazil segue com tudo nas comemorações dos 50 anos de carreira ininterrupta com shows em todo o país. Em meio aos festejos, resolveram encaixar uma outra celebração: os 40 anos do álbum "Paulicéia Desvairada".

Considerado pela crítica e pelo público como um dos discos mais importantes do rock nacional, o terceiro trabalho da banda Made in Brazil conta com uma pegada rock'n'roll clássica, riffs de guitarra certeiros e o resultado sonoro bastante vigoroso dos instrumentos de sopro.

No próximo dia 21 de novembro, o Sesc 24 de Maio recebe o grupo paulistano para dois shows exclusivos, em comemoração ao aniversário do LP.

A percepção de que "Pauliceia Desvairada" não é um disco comum já se inicia pela capa e como ela foi criada. Numa homenagem ao Movimento Modernista de 1922, ano em que a Semana de Arte Moderna renovou a produção artística no Brasil, a contra capa do disco trouxe um trecho do poema "Lozango Cáqui", de Mario de Andrade,

Já o texto impresso em destaque, ficou a cargo do jornalista e critico musical Okky de Souza. A foto da capa é do premiado fotógrafo norte-americano David Drew Zingg.

Gravado nos estúdios da RCA Discos, considerado o melhor estúdio da cidade na época, o LP conta com 12 faixas e tem a produção assinada pelos irmãos Vecchione (Oswaldo e Celso), fundadores do Made in Brazil, em parceria com o crítico musical e jornalista Ezequiel Neves.

Naquele ano (1978), o disco chegou trazendo algumas novidades em relação aos trabalhos anteriores da banda: o repertório incluía mais baladas e blues e a formação oficial do grupo ganhou duas cantoras para os backing vocals.

As canções do disco eram composições inéditas dos músicos. Em plena ditadura militar. Alguns hits tiveram seus títulos e trechos das letras alterados pela censura.

O show de lançamento de "Pauliceia Desvairada" foi, também, um fato inédito em São Paulo. O prefeito Olavo Setúbal cedeu o principal espaço da cidade, o Teatro Municipal de São Paulo, para a realização de dois shows que entrariam para a história do rock paulista e brasileiro.

Ao tocar no Municipal, o Made in Brazil se tornou, durante décadas, a única banda brasileira de rock a se apresentar nesse espaço cultural com um trabalho autoral.

"Comemorando agora os 40 anos do lançamento de "Paulicéia Desvairada", o Made in Brazil está ensaiando e preparando uma apresentação especial para celebrar o disco e os históricos shows de 1978. ", diz Oswaldo Vecchione.

No repertório dessa celebração, as 12 músicas originais do álbum ("Eu vou estar com você", "Eu não sei se mudaria", "Você me machucou", "Chuva", "Finge que tropeça", "Massacre", "Não estou nem aí" e "A primeira vez que você me deixou". Tem ainda as canções "Gasolina", "Amanhã é um novo dia", "Uma banda Made in Brazil" e, claro, a música que leva o nome do disco, "Paulicéia desvairada".

Serviços:

Local: Sesc 24 de Maio

Endereço: Rua 24 de Maio, 109, República – São Paulo

Informações: www.sescsp.org.br/programacao/172982_MADE+IN+BRAZIL?fbclid=IwAR00eL0VMaVPcfqyrX0wGljByGKbvhUE1q5bB2lNcoandiZSEwoXq5ju1Hk

Telefone: 11 3350 6256

Valor dos ingressos: R$ 9 a R$ 30

Horários dos shows: 18h e 21h

Músicos que atuam no show:

MADE IN BRAZIL:

OSWALDO "ROCK" VECCHIONE ― Vocal, baixo, guitarra, violão e gaita

CELSO "KIM" VECCHIONE ― Guitarra, violão, baixo e teclado

RICK R. "MONSTRINHO" VECCHIONE ― Bateria

GUILHERME "ZIGGY" MENDONÇA ― Guitarra e violão

OCTAVIO LOPEZ GARCIA "BANGLA" ― Sax

SOLANGE "SOL" BLESSA ― Backing vocals

TIAGO "MINEIRO" TAVARES ― Teclados

CONVIDADOS (músicos que participaram das gravações originais e shows da turnê):

CAIO FLAVIO ― vocal

ANTONIO "BABALU" MEDEIROS ― guitarra e violão

LUCINHA TURBULL ― vocal

TIBET ― vocal

RUBENS "RUBÃO" NARDO ― vocal

NANA FERNANDES ― guitarra

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

Blog Combate Rock