Topo
Combate Rock

Combate Rock

Corciolli recebe Andre Matos para comemorar 25 anos de carreira

Combate Rock

13/09/2018 21h14

Marcelo Moreira

Corciolli e André Matos reeditam a parceria no próximo dia 14 de setembro (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Diante do sucesso de vendas de ingressos dos shows da volta do Shaman, todo mundo pensava que o cantor Andre Matos só teria olhos para esses eventos. Coube ao tecladista Corciolli mudar um pouco o figurino e chamar o amigo para uma apresentação especial nesta sexta-feira, dia 14 de setembro.

Comemorando 25 anos de carreira, o tecladista se junta ao ex-vocalista de Viper e Angra para um concerto no Auditório Ibirapuera Oscar Niemeyer, em São Paulo.

"Será muito bom reeditar uma parceria que deu certo dez anos depois. Pretendemos fazer um grande apanhado de minha carreira, mas também apresentaremos algumas surpresas", diz Corciolli.

Músico virtuoso e versátil, tem parte de sua obra vinculada ao que se convencionou chamar de música "new age", com a predominância de teclados, obviamente, mas com arranjos orquestrais que englobam outros elementos. Também transita com muita propriedade pelo folk e celtic folk.

"A raiz do meu trabalho é o rock, e o segmento progressivo sempre me interessou. Ouvi as grandes banda dos anos 70 de prog e de rock mais pesado, e tudo isso me influenciou. Só que, aos 50 anos de idade e 25 de carreira, as perspectivas se ampliaram. Minha música se expandiu", diz o tecladista.

Clique abaixo para ouvir a entrevista de Corciolli ao programa de web rádio Combate Rock:

Rock progressivo

New age? Trilha sonora? Música incidental? É isso, mas também é muito mais, como é possível perceber na belíssima "Shepherd Star" ("Pastor das Estrelas"), ou mesmo na insólita e delicada "Rain", que tem a mesma estrutura e conceito de "Água". Corciolli também transita com propriedade na música folk e na música celta, como na interessante "Highlander".

"Música boa precisa ser celebrada. Todos os músico que você citou são muito importantes, mas existem muitos outros que compõem a minha lista de influências. Transitando por vários gêneros me proporcionou um enriquecimento impressionante", afirma Corciolli.

Mas ele não tem como fugir do estereótipo Vangelis-Wakeman, a do multitecladista rodeado de instrumentos, como se estivesse pilotando um avião. Cercado de vários teclados, sintetizadores e sequencers, Corciolli se apresentará ao lado de solistas renomados do meio erudito.

A intenção, entretanto, é revisitar alguns clássicos do rock internacional, como ele fez com Matos há dez anos. "Temos de aproveitar a oportunidade. Somos muitos amigos, mas não é sempre que conseguimos nos encontrar e fazer música. Quero apresentar algumas surpresas neste concerto."

Estarão com ele Pablo de León, no violino, e Raiff Dantas Barreto, no violoncelo (respectivamente spalla e 1º cello da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo), além de Gracieli Valverde, na voz soprano, e Kabé Pinheiro, na percussão. André Matos é o convidado especial, com presença em algumas das principais canções do tecladista.

Corciolli iniciou carreira solo em 1993 após tocar com o baixista de música instrumental Celso Pixinga e com a banda Espírito Cigano, que fazia muito sucesso na época.

A vida na estrada não impediu o músico de trabalhar noite adentro nos hotéis, em cima do que viria a se tornar seu primeiro álbum "All That Binds Us" e também a pedra fundamental da Azul Music, gravadora que fundou nesse mesmo ano.

Prolífico e workaholic, já lançou 33 álbuns lançados, com mais de 2 milhões de CDs vendidos e participações em trilhas sonoras e coletâneas ao lado de artistas como Hans Zimmer, Vangelis, Enigma, The Alan Parsons Project, Sarah Brightman e Luciano Pavarotti, entre outros.

No concerto no Auditório Ibirapuera, Corciolli apresentará seis músicas inéditas que estarão no próximo álbum "Imaginary Brazil", onde tempera uma mistura de elementos eruditos tais como prelúdios e peças sinfônicas, com ritmos regionais brasileiros.

"O principal desafio na execução desse repertório é unir todos os elementos musicais de maneira criativa e equilibrada, buscando uma perfeita integração de timbres e planos sonoros somados à tecnologias de ponta. Mas, o mais importante de tudo, é abrir espaço ao talento e virtuosismo desses músicos incríveis que estarão lá comigo", explica Corciolli.   

Serviço

Corciolli: Concerto | 25 anos de carreira 

Local: Auditório Ibirapuera

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, Parque do Ibirapuera, Portão 2 – Parque Ibirapuera, São Paulo – SP

Quando: 14 de Setembro

Horário: 21h

Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia entrada) – Venda disponível a partir de 31 de agosto

Censura: Livre

Informações: (11) 3629-1075

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br