Topo
Combate Rock

Combate Rock

Toy Dolls, Mundo Livre S/A e Supla encabeçam o Goiânia Noise Festival

Combate Rock

09/08/2018 06h35

Marcelo Moreira

Mundo Livre S.A. (FOTO: FELIPE MARTINS)

Os primeiros acordes de "Nellie, The Elephant", incomodam, seja pela estranheza, seja pela sonoridade diferente que nos ingleses do Toy Dolls imprimiram em seu rock-punk-pós-punk-new wave e mais uma série de denomições.

Não era uma coisa normal ter um voclaista estridente e completamente maluco e que ianda por cima se chamava Olga. Poucos apostavam que um combo tão diferente e anárquico durasse muito tempo. Pois não é que os caras estão à beira dos 40 anos de carreira?

São esses malucos a principal atração do 24º Goiânia Noise Festival, um dos ótimos festivais alternativos que apareceram no Brasil nos bons tempos do rock em alta. Para nossa sorte, o festival sobreviveu e segue firme, mantendo o slogan que sempre o caracterizou: " independente, livre e rejeitando qualquer submissão. O Noise é barulho. É grito. É rock. É subversão. É inquietação. É transgressão. É ponto fora da curva".

Sem apoio do poder público ou de leis de incentivo à cultura, o 24º Goiânia Noise Festival volta ao Centro Cultural Martim Cererê (o verdadeiro templo do rock goiano) e, entre os dias 10 e 12 de agosto, apresenta uma programação com 47 artistas de sete estados diferentes mais o Distrito Federal e ainda duas internacionais.

Formado em 1979, na cidade de Sunderland, na Inglaterra, o Toy Dolls é liderado pelo vocalista e guitarrista Michael Algar, mais conhecido como Olga.

Ele compõe todas as músicas da banda e é considerado um dos mais exímios guitarristas do punk rock no mundo e introduziu características novas e próprias ao estilo e ao rock mundial.

Entre os clássicos da banda estão músicas como "Nellie The Elephant", "I've Got Asthma", "Tommy Kowey's Car", "Lambrusco Kid" e " When the Saints".

A banda pernambucana Mundo Livre S/A é um dos destaques nacionais, ao lado do paulistano Supla. Com uma linguagem única e cofundadores do movimento manguebit, o grupo volta ao Goiânia Noise Festival para lançar um disco inédito após sete anos sem gravar. Intitulado "A Dança dos Não Famosos", o álbum sai pela Monstro Discos e passeia pelo lirismo, a política e as pistas de dança.

Supla, por sua vez, comemora 30 anos de carreira, foi uma figura de destaque na cena punk e pós-punk dos anos 80, à frente da banda Tokyo ou em carreira solo. No Noise, ele se apresenta ao lado da banda punk mineira Don Dillinger, num show em que interpretam sucessos de sua carreira e também clássicos do punk mundial.

Tocam ainda no festival os paranaenses do Machete Bomb, os santistas do The Bombers, os argentinos do Translucido, os catarinenses do Variantes e o Cérebro de Galinha, banda vinda de Marabá, no Pará, e que ficou conhecida depois que um vídeo deles ensaiando de forma tosca e improvisada numa obra abandonada viralizou pela internet.

A nostalgia, no bom sentido, dá as caras com duas clássicas bandas brasilienses – Macakongs 2099 e PUS (que no começo de sua trajetória contou com a guitarrista Syoung em sua formação).

Também tem Linguachula, Drakula, Diablo Motor, Killah, River Phoenix e as bandas goianas Violins, Aurora Rules, Krakkenspit, Mechanics, Sheena Ye, The Galo Power, Ressonância Mórfica, Mugo, Volúpia di Baco, Lobinho e os 3 Porcão, Branda, Diego Mascate, Corja, Pedrada, Armum, Chef Wongs, Sixxen, Almost Down e WxCxMx, entre outras.

SERVIÇO
24º Goiânia Noise Festival

Quando: de 10 a 12 de agosto
Onde: Centro Cultural Martim Cererê (Rua 94-A, Setor Sul – Goiânia – GO)

PROGRAMAÇÃO:
Sexta-feira, 10/8

01h10 – Violins (GO)
00h30 – Don Dillinger & Supla (SP)
00h00 – Ressonância Mórfica (GO)
23h30 – Machete Bomb (PR)
23h00 – Macakongs 2099 (DF)
22h30 – Translucido (ARG)
22h00 – Mugo (GO)
21h30 – Branda (GO)
21h00 – Diego Mascate (GO)
20h30 – Almost Down (GO)
20h00 – Sixxen (GO)
19h30 – Lobinho e os 3 Porcão (GO)
19h00 – Urumbeta do Espaço (GO)
18h30 – SC 16 (GO)
18h00 – Blowdrivers (GO)

Sábado, 11/8

01h00 – Toy Dolls (UK)
00h00 – Mundo Livre S/A (PE)
23h30 – The Galo Power (GO)
23h00 – Sheena Ye (GO)
22h30 – Linguachula (SP)
22h00 – Drakula (SP)
21h30 – Volúpia de Baco (GO)
21h00 – Diablo Motor (PE)
20h30 – Variantes (SC)
20h00 – Killah (SP)
19h30 – Desert Crows (GO)
19h00 – Chef Wongs (GO)
18h30 – Corja (GO)
18h00 – Ustads (GO)
17h30 – Templates (GO)
17h00 – Bad Distortion (GO)
16h30 – Casulo Fantasma (GO)
16h00 – Distorce (GO)

Domingo, 12/8

22h00 – Aurora Rules (GO)
21h30 – Mechanics (GO)
21h00 – Cérebro de Galinha (PA)
20h30 – PUS (DF)
20h00 – Half Bridge (GO)
19h30 – The Bombers (SP)
19h00 – Armun (GO)
18h30 – River Phoenix (DF)
18h00 – Pedrada (GO)
17h30 – Rural Killers (GO)
17h00 – WxCxMx (GO)
16h30 – Ilizarov (GO)
16h00 – Krakkenspit (GO)

Ingressos:
1º LOTE:

Passaportes: R$ 80 (meia para os três dias)
Sexta-feira: R$ 20 (meia)
Sábado: R$ 50 (ESGOTADO)
Domingo: R$ 20 (meia)

2º LOTE:

Sexta-feira: R$ 30 (meia)
Sábado: R$ 60 (meia)
Domingo: R$ 30 (meia)

3º LOTE:

Sexta-feira: R$ 40 (meia)
Sábado: R$ 80 (meia)
Domingo: R$ 40 (meia)

Pontos de venda:

Hocus Pocus (Av. Araguaia esquina com Paranaíba, Centro)
Tribo Restaurante (Rua 36, St. Marista)
Harmonia Musical (Rua 4, Centro)
Loja do Ervilha (Rua C-30, nº 34, Jardim América)
Woodstock Bar (Av. D, Setor Oeste)

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br