Topo
Combate Rock

Combate Rock

Notas roqueiras: Dysnomia, Diablo Motor, Semivelhos...

Combate Rock

10/03/2018 15h41

– Já está disponível para venda o segundo álbum da banda paulista Dysnomia. Batizado de “Anagnorisis'', o álbum, sucessor de “Proselyte'', mostra a banda seguindo o mesmo caminho do anterior com músicas pesadas, complexas e letras embebidas em filosofia e questionamentos. O diferencial do disco é toda a maturidade conquistada pelo grupo em um álbum ainda superior. Para comprar o disco basta entrar em contato com a banda por e-mail, Facebook ou pelo link: https://www.facebook.com/dysnomiabr/app/206803572685797/. “Anagnorisis'' foi gravado no Nova Estúdio e foi produzido por Érik Robert e Gabriel do Vale. O álbum tem oito faixas e a arte da capa foi criada pelo brasileiro Carlos Fides (Evergrey, Kamelot, Adrenaline Mob, Almah).

– Seis anos depois do lançamento de seu primeiro disco, a Diablo Motor prepara um novo trabalho e antecipa o que vem por aí com o clipe de Ultimato, dirigido por Rafael Reynaux e já está disponível no YouTube. O vídeo apresenta a nova formação da banda pernambucana e dá ideia de como será Inflama, o álbum que está prestes a sair pela Monstro Discos, de Goiânia. Assim como na estreia, em 2012, a banda trabalhou com o produtor gaúcho Iuri Freiberger, que já gravou artistas como Frank Jorge, Walverdes, MQN, Violins, Cabaret, Tom Bloch e muitos outros. O Diablo Motor caminha no ombro de gigantes como Led Zeppelin, Black Sabbath e Kiss, mas sem aquela abordagem artificial de uma banda retrô que tenta encapsular estilos musicais numa bolha à prova do tempo. Traduzindo, o Diablo Motor não quer viver o pastiche metido a cool de ser uma banda vintage. Eles apenas são o que são, constituídos pela melhor tradição do “rock pauleira” – se você tem mais de 30, sabe o que queremos dizer. Para conferir o novo clipe da Diablo Motor, acesse: https://youtu.be/VBYQM2hDw18

– Com produção da própria banda baiana, Semivelhos acaba de divulgar “Vai Chover''. Single inédito apresenta um retrato atual do sertão nordestino, dialogando sobre todos os problemas climáticos, causados, principalmente, pela exploração desenfreada do homem e, por consequência, o modo que isso intensifica a falta de água, gerando dificuldades sociais para os moradores da região. Com influências de Queens of Stone Age, Muse e Luiz Gonzaga, faixa foi gravada nos estúdios Casinha Music, em Juazeiro, na Bahia. A mixagem e masterização é de Iago Guimarães. “Vale acrescentarmos que também tivemos uma inspiração muito específica no canto das Rezadeiras do Bendito de São José. Aqui, a fé é a única coisa que nos resta. Então, seguimos nossa cultura e pedimos aos céus que chova, suplicando, também, para que o Rio São Francisco não seque. Ele é um oásis no meio do Nordeste, um alento para o povo'', ressaltam. “Vai Chover'' foi composta pelo vocalista Pedro França e está disponível no Spotify e Youtube. Ouça aqui: https://www.youtube.com/watch?v=muN0XZHuD64&

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br