Combate Rock

Jornalista santista lança interessante livro sobre os bastidores do blues nacional

Combate Rock

15/07/2017 06h45

Marcelo Moreira

O rock brasileiro de vez em quando ganha excelentes obras de cunho histórico ou simplesmente uma coleção de boas histórias escritas por jornalistas, músicos ou produtores. No entanto, tente buscar algum livro semelhante em relação ao blues nacional?

Seja por falta de interesse dos próprios músicos ou por desconhecimento de jornalistas e historiadores, o blues nacional ainda espera por um registro definitivo detalhando a chegada do gênero musical por aqui.

A imensa lacuna começa a ser preenchida com o lançamento do livro “Blues – The Backbeat Music” (Ateliê de Palavras), do jornalista e produtor cultural Eugênio Martins Júnior.

Radicado em Santos, o autor é um entusiasta do blues e do jazz e por muito tempo foi um dos mais respeitados produtores de shows do Estado de São Paulo, com mais de 100 eventos produzidos pela sua Mannish Boy Produções Artísticas.

E foi essa experiência na produção que lhe rendeu um farto material para escrever o livro, que é uma coletânea de passagens e boas histórias de bastidores envolvendo músicos e empresários do setor.

O primeiro volume, publicado graças às pessoas que contribuíram via crowdfunding, será lançado no sábado, dia 29 de julho, no Santos Jazz Festival.

“Em mais de 30 anos de sua existência no Brasil, o Blues criou um circuito próprio. Se nos anos 80 ganhou as graças da imprensa, televisão, rádios, o que alavancou a carreira dos pioneiros Celso Blues Boy, André Christóvam e Blues Etílicos, nos dias de hoje é totalmente underground, longe dos esquemas de mídia”, diz Martins.
O formato é básico, no estilo perguntas e respostas (pingue-pongue, no jargão jornalístico) e tem o grande mérito de extrair informações inéditas e exclusivas de alguns dos mestres brasileiros e estrangeiros do gênero. É uma obra importante por ser um raríssimo registro literário sobre o blues nacional.

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Topo