Combate Rock

O novos (e nem tão novos) magos da guitarra - parte 6

Combate Rock

06/04/2017 06h43

Mitch Laddie Band (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Mitch Laddie Band (FOTO: DIVULGAÇÃO)

– Mitch Laddie – Um dos nomes mais importantes da nova geração de guitarristas ingleses, Mitch Laddie repete a trajetória dos fenômenos norte-americanos Jonny Lang, Kenny Wayne Shepherd e Derek Trucks. Aos 26 anos, surgiu como um furacão na década passada, sendo aplaudido por gigantes, entre eles Gary Moore e Peter Green.  Gosta de som pesado, mas é a sua intensidade ao tocar que define o seu estilo, um misto de Rory Gallagher e Robin Trower, embora afirme que tenha sido influenciado também por Eric Johnson e Robben Ford. Seu mais recente trabalho, “Let You Go”, traz pitadas de soul e funk.

Obras de referência: “Burning Bridges”, “Let You Go”

– Glenn Kaiser – O guitarrista de Deus é um instrumentista incansável. Assim chamado pelos amigos, aos 64 anos se mostra incansável, conciliando a vida na estrada com a de pastor evangélico no interior dos Estados Unidos. Seu blues gospel ganhou projeção fora da área religiosa nos anos 80, quando a mescla de blues pesado e tradicional começou a tocar em várias rádios do sul dos Estados Unidos. Ainda que as letras tenham forte conteúdo de pregação e, até certo ponto, um pouco preconceituoso, o som é muito bom, especialmente nos álbuns acústicos. Estilisticamente  não apresenta nada de novo, o que vale mesmo é a pegada pesada – ao vivo, principalmente.

Obras de referência: “Rainbow’s End”, “Silent Screams”, “Innocent Blood”

– Stuart Smith – Pupilo de Ritchie Blackmore (ex-Deep Purple), o inglês Stuart Smith é um roqueiro com alma blueseira. Adepto do hard rock nos anos 70, tocou com várias bandas até aceitar o convite de Blackmore para se mudar para a Costa Leste norte-americana. Progressivamente, foi abandonando o rock para mergulhar no blues, ainda que tenha integrado a banda de apoio de um ícone do rock progressivo, Keith Emerson (Emerson, Lake & Palmer). Bem relacionado e respeitado tanto na Europa e nos Estados Unidos, criou o projeto Heaven and Earth em 1998, que teve a participação de Glenn Hughes (ex-Deep Purple) e Richie Sambora (ex-Bon Jovi), Joe Lynn Turner (ex-Raimbow e Deep Purple), entre outros. Aos 60 anos, continua na ativa com o seu projeto, após uma passagem pelo Sweet, banda dos anos 70 que foi reformada anos atrás..

Obras de referência: “Heaven and Earth”, “Dig”

Virgil McMahon – Guitarrista inglês virtuoso, é líder do trio pesado Virgil and The Acelerators. Ganhou vários prêmios de blues no Reino Unido e e é frequentemente elogiado por gente como Joe Bonamassa, Philip Sayce e Carvin Jones. Sente-se muito mais confortável no hard rock, unindo influências que vão de Jimi Hendrix a Ritchie Blackmore, de Robben Ford a Stevie Ray Vaughan.

Obras de referência: “Army of Three”, “The Radium”

– Dirty Dave Osti – Mais um representante da Califórnia que não economiza no peso, caindo mais no rock do que no blues. No entanto, a pegada é característica, mesclando timbres do hard setentista e do blues rock dos anos 80.

Obras de referência: “Voodoo Guitar”, “Burning Down the Dirtshack”

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Combate Rock
Topo