PUBLICIDADE
Topo

Polícia monitora encontro neonazista regado a rock no Rio Grande do Sul

Combate Rock

01/01/2020 13h21

Marcelo Moreira

Integrante de grupo neonazista detido no Rio Grande do Sul (Foto: Reprodução)

A democracia brasileira terá uma prova de fogo muito em breve na cidade de Canoas (RS). Segundo a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, a cidade gaúcha receberá um encontro de neonazistas com direito a um minifestival de rock no dia 18 de janeiro.

A denúncia partiu de um policial chamado Leonel Radde, que foi candidato a deputado estadual naquele Estado pelo PT e que integra o coletivo Policiais Antifascistas, que se espalhou pelo Brasil.

Em um vídeo disseminado das redes sociais, ele faz o alerta do encontro na cidade gaúcha e informa que a polícia já prepara uma operação para desmobilizar o encontro e prender todos os participantes.

É um teste importante para as forças democráticas porque os lixos nazistas estão se sentindo empoderados e estimulados a sair do esgoto mesmo sabendo que a apologia a nazismo é crime.

No final de 2019 houve pelo menos três casos de mazistas que se ostentaram a suástica nas ruas – em Santa Catarina, em Minas Gerais e no Paraná. O silêncio sepulcral das autoridades ultraconservadora é o maior incentivo que esses dejetos humanos recebem para emporcalhar o mundo.

Com suas inegáveis inspirações autoritárias e fascistas, o governo Jair Bolsonaro abriu as portas do inferno para que nazistas, fascistas e integralistas infestassem a nossa sociedade.

Antigamente os neonazistas estavam nos porões e faziam encontros de forma secreta. Agora se acham poderosos para divulgar abertamente um encontro regado a rock.

São tempos difíceis, quando mais do que resistir é necessário combater e eliminar qualquer ameaça à democracia. E é lamentável que o rock seja uma dos forças de sustentação dessa gente abominável.

 

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br

Blog Combate Rock