Topo
Combate Rock

Combate Rock

Notas roqueiras: Blixten, Necrotobia, Oruã...

Combate Rock

2007-05-20T19:11:52

07/05/2019 11h52

Kelly, cantora da banda Blixten (FOTO: DIVULGAÇÃO

– A Blixten é uma jovem banda do interior paulista e sua principal característica é promover uma atualização do heavy metal tradicional a partir do contexto de uma maior inclusão das mulheres na produção, difusão e consumo da cultura heavy metal. Formada e capitaneada pela vocalista Kelly Hipólito, a Blixten também conta com o guitarrista Miguel Arruda, o baixista Aron Marmorato e a nova baterista Larissa Futenma, e entre suas principais influências o grupo cita nomes como Twisted Sister, Iron Maiden, Anthrax e Warlock. O grupo revelou o nome do primeiro álbum do grupo: "Until The Dead Starts To Bang". Depois de ter disponibilizado seu primeiro single "Like Wild" em Abril de 2017, e de ter realizado dezenas de shows, entre eles alguns de destaque como a participação no Festival Araraquara Rock de 2017, a Blixten lançou no ano passado o EP "Stay Heavy". Gravado no estúdio Távola em Araraquara, "Stay Heavy" reúne cinco canções.

– Acaba de ser oficialmente disponibilizado pelo Necrofobia o primeiro single do novo álbum "Membership". A faixa que dá nome ao disco, pode ser conferida na integra no novíssimo canal de YouTube que a banda acaba de lançar com o lyric vídeo de "Membership". A nova música do Necrofobia chega para alimentar os fãs sedentos por um novo álbum de estúdio da banda. O disco completo será lançado oficialmente dia 27 de abril, em show que será realizado na "Estação Mangueira" na cidade deRibeirão Preto/SP. Detalhes sobre esse role você encontra no link: https://www.facebook.com/events/1049745548546796/

– "Tudo Posso" é o novo lançamento do conjunto Oruã, trio que saiu das proximidades da Praça Tiradentes, na cidade do Rio de Janeiro, para ser banda de abertura na nova turnê da emblemática Built to Spill, ouro do indie rock, atualmente celebrando os vinte anos do disco clássico "Keep It Like a Secret"Essa relação com o Built to Spill (vale dizer que dois terços do ORUÃ também tocam no BTS) veio para dar maior projeção internacional a um tipo de som que não é feito em outro lugar que não dentro do Escritório, uma sala comercial num prédio do centro, de onde já saíram inúmeras bandas e discos exemplares gravados com as peculiaridades de fitas cassetes e equipamentos analógicos. 

Sobre os Autores

Marcelo Moreira, jornalista, com mais de 25 anos de profissão, acredita que a salvação do Rock está no Metal Melódico e no Rock Progressivo. Maurício Gaia, jornalista e especialista em mídias digitais, crê que o rock morreu na década de 60 e hoje é um cadáver insepulto e fétido. Gosta de baião-de-dois.

Sobre o Blog

O Combate Rock é um espaço destinado a pancadarias diversas, com muita informação, opinião e prestação de serviços na área musical, sempre privilegiando um bom confronto, como o nome sugere. Comandado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia, os assuntos preferencialmente vão girar em torno do lema “vamos falar das bandas que nós gostamos e detonar as bandas que vocês gostam..” Sejam bem-vindos ao nosso ringue musical.
Contato: contato@combaterock.com.br